Team CTR e-Sports

Desde 1998
Hoje é Dom Dez 15, 2019 8:02 am

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]




Fórum Trancado Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 1 Mensagem ] 
Autor Mensagem
 Assunto do Tópico: História
MensagemEnviado: Qua Out 31, 2007 1:34 pm 
Offline
Se enturmando
Avatar de usuário

Data de registro: Qua Out 31, 2007 1:27 pm
Mensagens: 3
Team CTR:

Existem várias lendas acerca do surgimento e do significado do nome CTR. Não se sabe até os dias de hoje qual dessas histórias seria de fato a correta, ou ainda se alguma delas é realmente verídica.

Uma delas reza que o nome é uma abreviatura de Caramujo Team Racing. O nome teria sido dado por Jah God, nascido na Jamaica, porém criado em Portugal, onde ganhava a vida cultivando scargots e era piloto virtual nas horas vagas. O nome seria uma homenagem aos honrosos moluscos que garantiam seu sustento, ao mesmo tempo que era uma brincadeira, afinal caramujo não seria necessariamente o animal mais indicado para representar uma equipe de corridas.

Não se tem mais acesso ao primeiro site da equipe, de 1998, porém foi encontrado na net o logo abaixo, que possui inclusive a mesma tipologia que é utilizada no logo da equipe atualmente, e é o mais forte indício da veracidade dessa lenda:

Imagem

Outra lenda propagada pelas más línguas é que a sigla CTR é uma abreviação de Cannabis Team Racing. O nome teria sido dado por Jah God, Jamaicano residente na Jamaica, que fumava maconha e depois ia correr de GP2. A atual diretoria da equipe nega veementemente essa versão, porém foi encontrada uma imagem na net que, segundo ainda as más línguas, teria sido o primeiro carro da equipe, para GP2, em 1998:

Imagem

Outra lenda nos conta que o nome significaria Shark Team Racing. A abreviatura era STR. O nome foi criado pelo biólogo marinho especialista em tubarões, o Jamaicano Jah God, residente na Austrália. Porém, no primeiro campeonato que inscreveu a equipe, o GP2 Australian League, já havia outra equipe inscrita chamada STR, e o campeonato exigia os nomes das equipes abreviados por causa do software que se utilizava para gerenciar ligas e campeonatos da época, que só aceitava 3 caracteres no campo "nome da equipe". Jah God optou então por mudar a abreviação para CTR, e desde então esse passou a ser o nome oficial da equipe.

Existem ainda outras diversas lendas, porém não existem indícios que as comprovem. Várias tentativas de se localizar Jah God foram feitas, porém não se obteve nenhuma informação do homem que é o fundador da equipe e que poderia solucionar esse mistério. Nem mesmo as embaixadas da Jamaica, Portugal e Austrália possuem qualquer informação sobre seu paradeiro. O mistério persiste!

A equipe CTR tem muitos fatos concretos em sua história, por sinal impressionantes. O primeiro registro oficial dos carros da CTR nas pistas foi na pré-temporada para o IRL CUP, realizada entre os meses de Novembro e Dezembro de 1998, em 2 etapas, e teve como trio de pilotos os brasileiros Carlos Magnussen, Adriano Augusto e o jamaicano Jah God.

Primeira corrida oficial, primeira vitória com o piloto Carlos Manussen, sendo que o piloto Adriano Augusto completou o pódium em terceiro lugar. Jah God chegou em 11º e último.

Segunda corrida e novamente os 2 pilotos da equipe no pódium, agora com Adriano Augusto em primeiro e Carlos Magnussen em segundo. Jah God não apareceu para correr e nunca mais foi visto.

O primeiro campeonato disputado pela equipe CTR foi o IRL CUP, em 1999. A dupla de pilotos foi formada por Adriano Augusto e Carlos Magnussen, porém correu apenas com 1 carro, o de Adriano Augusto, pois 2 dias antes da primeira etapa o piloto Carlos Magnussen desapareceu. Dizem as lendas que ele ganhou na loto acumulada (ainda não existia a Mega-Sena em 1999) e mudou-se com a família para Miami, ou ainda que ele foi abduzido por um OVNI quando ia para a faculdade, ou ainda que ele optou por uma mudança total e radical em sua carreira, trocando o automobilismo virtual pelo jogo de cartas, entre outras tantas lendas.

Mesmo com apenas 1 piloto, a equipe CTR venceu a primeira etapa, e ao final do campeonato ganhou 5 das 7 etapas e conquistou seu primeiro título, com o piloto Adriano Augusto.

Após o término deste campeonato a equipe entrou em estado de inatividade e abandono, pois o único piloto que restou dos quadros da equipe, Adriano Augusto, não encontrou motivação para continuar correndo. Essa situação perdurou por todo o ano de 2000 e estendeu-se até 2001, quando o piloto Adriano Augusto, motivado com o então novo simulador GP3, voltou às competições virtuais, agora para participar do 1º GP3 OVAL CUP. A dupla de pilotos era completada pelo piloto brasileiro Diego Alves, novato no automobilismo virtual. Foi daí o surgimento do brasão da equipe utilizado até hoje e o desenho do tubarão passou oficialmente a lhe representar.

O piloto Adriano Augusto sagrou-se campeão da Summer Cup e vice-campeão Geral, perdendo por 1 ponto o título para o piloto Carl Mharynn, que foi contratado pela CTR imediatamente após o término do 1º GP3 OVAL CUP. O piloto Lino Palladino, 3º colocado na classificação geral e grande destaque do campeonato após não correr as primeiras etapas, foi também imediatamente contratado pela equipe após o término do campeonato.

A equipe obteve ainda seu primeiro título de campeã por equipes, graças aos pontos obtidos pelo piloto Diego alves, que garantiram a fatura para CTR.

O piloto Diego Alves contentou-se com seu feito e abandonou o automobilismo virtual para cuidar de sua vó, que padecia com problemas estomacais causados por uma dentadura que ela engoliu na comemoração da conquista do campeonato por equipes pela CTR no 1º GP3 OVAL CUP. As últimas notícias obtidas de Diego Alves contam que ele deixou o bigode crescer e se casou, e sua vó, agora com 94 anos, passa bem.

Com a contratação de Rodrigo Maciel, piloto-revelação do automobilismo virtual, a equipe CTR contava agora com 4 pilotos inscritos para o 2º GP3 OVAL CUP. Foi então que surgiu a famosa pintura da bandeira do Brasil no carro e foi criada a CTR 2, pois o regulamento permitia apenas 2 carros por equipe.

Porém antes do início do campeonato, o piloto Adriano Augusto decidiu abandonar o GP3 e partir para a Nascar Cup, e em seu lugar a equipe conseguiu a contratação de Joaquim Barreto, piloto de grande destaque no Adrenalina GP, mais renomado e competitivo campeonato brasileiro da série GP em circuitos mistos.

Era o começo de uma era dourada que segue até os dias de hoje. Com a entrada da CTR na Nascar Cup, diversos pilotos foram contratados e a equipe cresceu quantitativamente e qualitativamente.

Com o adiamento do início do 2º GP3 Oval Cup, a equipe CTR inscreveu seus pilotos de monopostos nos campeonatos: 1º Gasolina GP3 e Racha Adrenalina. E logo vieram os títulos, com joaquim Barreto sagrando-se campeão do Racha Adrenalina, e Rodrigo Maciel como campeão do 1º Gasolina GP3. Rodrigo Maciel viria ainda a ganhar mais diversos títulos do Gasolina GP, tornando-se o maior vencedor de sua história, e a CTR a maior campeã por equipes também.

No segundo semestre os títulos aumentaram, com a conquista de Fernando Pedace no LBN Stock BR, onde a CTR foi também campeã por equipes, além dos títulos de Marcelo Pinto na LBN CUP categoria Light e Rafael Freitas na LBN CUP categoria Acess. Foi ainda campeã por equipes do 2º GP3 OVAL CUP.

A equipe entrava o ano de 2003 consagrada como uma grande força do automobilismo virtual brasileiro.


Notificar esta Mensagem
Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Fórum Trancado Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 1 Mensagem ] 

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por phpBB Brasil